320 a 32

Não lembra o inglês?

Fim de semana retrasado estive em Santos. Fui a um shopping perto do canal 2 aonde havia um Lifan 320 em exposição. Carro chinês inspirado no compacto de luxo Mini Cooper. Neste caso inspiração e plágio são quase sinônimos. Para os chineses uma (quase) cópia é como uma homenagem, quem sabe até inocente…

O fato é que com os 32 mil reais cobrados pelo Lifan não se compra nenhum outro carro com os mesmos equipamentos do pequeno oriental. Não há um sequer.

O 320 têm direção assistida, ar condicionado, bolsas infláveis para motorista e passageiro, trio elétrico, farol de neblina, freios ABS, rodas de liga leve, entre outros.

Se ele possui uma farta lista de equipamentos, falta-lhe um item obrigatório: confiabilidade. Como será o pós-venda? Haverá peças de reposição a pronta entrega? O carro é durável? Digo, ainda, que este é o grande desafio que se apresenta às marcas chinesas, provar que são dignas da confiança do consumidor brasileiro.

0 comments ↓

There are no comments yet...Kick things off by filling out the form below.

Leave a Comment